São Pietro Saúde - Doenças urológicas mais comuns em crianças

Blog

Doenças urológicas mais comuns em crianças

Uropediatria atende crianças e adolescentes, de 0 a 18 anos.

Durante a infância, consultas regulares com um pediatra são primordiais para acompanhar a saúde das crianças. Quando necessário, o profissional indicará uma consulta com um uropediatra, que auxiliará no diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças urológicas.

Conheça abaixo algumas das doenças urológicas mais comuns em crianças:

  • Infecções Penianas (Balanites | Balanopostites):

A balanite é a inflamação da mucosa que reveste a glande. Quando essa inflamação afeta tanto a glande como a parte interna do prepúcio que recobre a glande, a enfermidade recebe o nome de balanopostite.

  • Criptorquidia:

Os testículos se formam no interior do abdome e, habitualmente, descem ao escroto até o final da gestação. No entanto, há situações em que isso não ocorre, e esses testículos fora do “saco”, são chamados de testículos criptorquídicos. A incidência de criptorquidia é maior em recém-nascidos prematuros. Recomenda-se que a cirurgia para o reposicionamento dos testículos seja feita entre 6 meses e 1 ano de vida.

  • Hipospádia:

É uma alteração na formação do canal da urina, a uretra, ocasionando uma abertura mais baixa em qualquer ponto do pênis, do escroto ou até mesmo do períneo. O tratamento é cirúrgico, de preferência nos primeiros anos de vida da criança.

  • Hidrocele:

É a presença de líquido em quantidades anormais dentro do escroto, envolvendo o testículo, de forma unilateral ou bilateral. A hidrocele pode desaparecer por conta própria nos primeiros anos de vida da criança. Se ela não desaparecer ou aumentar de tamanho, deve ser tratada cirurgicamente.

  • Fimose:

    É a condição em que o prepúcio (pele que recobre a cabeça do pênis) encontra-se tão fechado que impede a exposição glandar e a retração prepucial. Nos casos mais severos, chega a impedir a saída da urina pelo pênis. A fimose é considerada normal em bebês. A maioria dos meninos até os quatro anos consegue expor totalmente a glande. Existem também casos de exposição parcial da glande e de aderências prepuciais. O urologista pediátrico é o profissional responsável por avaliar a necessidade de uma abordagem cirúrgica, a chamada circuncisão ou postectomia.
  • Enurese (xixi na cama):

Se caracteriza pela perda involuntária de urina durante o sono em crianças a partir dos 5 anos de idade. Popularmente conhecida como “xixi na cama”, acomete crianças que, habitualmente, não apresentam nenhum problema anatômico no sistema urinário.

  • Infecções Urinárias:

As infecções urinárias em crianças devem ser investigadas para evitar danos ao rim, como a insuficiência renal.

Parceria com os pais

Essas são algumas das doenças urológicas mais comuns em crianças. Para um diagnóstico mais preciso e completo, é muito importante a parceria entre os pais e os uropediatras.

Fique atento:

A São Pietro Saúde conta com pronto atendimento urológico em sua unidade Day Hospital. Confira os horários de funcionamento clicando aqui.

Para conhecer mais sobre a área de urologia e urologia pediátrica na São Pietro clique aqui.

Para agendar sua consulta clique aqui.

Open chat