São Pietro Saúde - Tecnologia e inovação com cirurgia 3D no Banco de Olhos

Blog

Tecnologia e inovação com cirurgia 3D no Banco de Olhos

Equipamento permite aos cirurgiões maior precisão e qualidade nos procedimentos cirúrgicos

O fundo do olho é uma região muito vascularizada, escura e de difícil acesso. Portanto, para obter a maior precisão possível, a cirurgia nessa área exige habilidade técnica, experiência, equipe especializada e equipamentos avançados. Por ser uma região com alto grau de sensibilidade, é preciso o máximo de cuidado durante os procedimentos. Neste contexto, a utilização de equipamentos tecnológicos de última geração é imprescindível para a qualidade das cirurgias e segurança dos médicos. Com a tecnologia 3D esse processo fica um pouco mais fácil, pois por meio dela é possível ter a visão de profundidade das estruturas oculares, o que permite maior confiabilidade na execução dos passos necessários para tratar o paciente.

O Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre possui o equipamento 3D NGENUITY® desde 2021. Ao todo, já foram realizados dezenas de procedimentos particulares e via SUS com a tecnologia. Segundo o Dr. Guilherme Diehl, Oftalmologista e Diretor Clínico do Hospital Banco de Olhos, o equipamento trouxe vantagens aos cirurgiões: “O HBO utiliza o NGENUITY desde o ano passado, tendo feito diversos procedimentos de retina e catarata. Ter esse tipo de tecnologia permite uma série de vantagens importantes, como a qualidade da imagem, o campo de visão e a ergonomia do cirurgião nos procedimentos cirúrgicos”.

O acompanhamento das cirurgias em tempo real via tela de alta resolução faz com que a ferramenta se torne uma excelente opção para o ensino e treinamento de médicos residentes. “Como o HBO é um hospital escola, o equipamento permite o acompanhamento por todos os estudantes de medicina, com a mesma visualização que o cirurgião está tendo. Antes os procedimentos poderiam ser acompanhados com visualização microscópica e apenas um estudante acompanhava o processo”, conclui o Dr. Guilherme Diehl.

O sistema de visualização 3D NGENUITY® permite que os cirurgiões oculares operem olhando para uma tela OLED 4K 3D de alta definição, ao invés de dobrar seus pescoços para olhar através da ótica de um microscópio. Esse equipamento livre de microscópio é projetado para melhorar a postura dos cirurgiões e pode reduzir a fadiga durante o procedimento, além de promover um campo de visão e profundidade de foco muito maior e com melhor qualidade.

Além disso, o sistema é composto por vários elementos que oferecem uma excelente resolução, profundidade de imagem, clareza e contraste de cores. Com a visão tridimensional, o cirurgião tem uma percepção de profundidade que não era possível anteriormente utilizando os microscópios ópticos.

A Dra. Paula da Costa Fernandes, médica oftalmologista do Grupo São Pietro Saúde, comenta que a utilização do sistema de visualização 3D NGENUITY® garante mais precisão nos procedimentos médicos: “A tecnologia 3D na cirurgia oftalmológica proporciona ao cirurgião um maior conforto durante o procedimento, pois enquanto no microscópio temos uma posição muito restrita, o sistema 3D nos permite sentar mais confortável. Com maior liberdade de movimentos, além de oferecer um campo de visão ampliado, uma imagem de alta resolução e profundidade sem ter a necessidade de grandes ajustes no foco durante a cirurgia”.

A redução do tempo cirúrgico também é uma vantagem para a utilização do equipamento 3D. “Toda a equipe envolvida consegue acompanhar a cirurgia em tempo real, facilitando a disponibilização de materiais e instrumentais. Todos esses benefícios nos permitem reduzir o tempo cirúrgico, e como consequência o olho do paciente fica menos tempo exposto a luz, proporcionando uma melhor recuperação”, afirma a Dra. Paula da Costa Fernandes.

Novidade desde 2021 no Hospital Banco de Olhos, essa tecnologia é mais um passo do estabelecimento em sua trilha de permanente evolução e qualificação do ambiente e de seus profissionais. O equipamento pode ser utilizado em diversos procedimentos das doenças oftalmológicas, como: catarata, descolamento de retina (urgência), glaucoma, retinopatia diabética, degeneração macular (DMRI) e doenças genéticas, entre outras. Com uma cirurgia mais precisa, os resultados finais para o paciente são melhores e a recuperação é acelerada.

Open chat